Empatia – Estado de atenção da escuta

Falamos um pouco aqui no blog sobre a importância da Empatia que é um dos pilares do Design Thinking e a total condição para que qualquer pessoa possa pratica-la no dia-a-dia.

Dentro do campo da Empatia uma das coisas que aprendemos é estabelecer uma comunicação genuína e sincera com aqueles com quem nos relacionamos.

Conversar com alguém é rotineiro, trivial e básico. Um fala e o outro escuta em silencio.

Simples assim.

Falar é simples, ficar em silencio também. A complexidade esta quando temos que realmente escutar alguém de forma atenta e verdadeira.

Somos viciados em pensar enquanto estamos silêncio e esse é o problema. É no momento em que estamos pensando que nosso estado de atenção para o que esta sendo dito é fragilizado e passamos de escutar para apenas ouvir.

Mas não é a mesma coisa? Não.

Ouvir

Se refere aos sentidos da audição não necessariamente interpretando a comunicação.

Enquanto estamos ouvindo alguém numa conversa, ao mesmo tempo, geralmente estamos concluindo, julgando, tentando encontrar padrões e fazer comparativos.

Todos nós ja tivemos experiências em uma conversa em que escutamos alguma palavra ou frase e ja começamos a pensar sobre aquele ponto específico, ignorando o restante da comunicação e geralmente até interrompendo a outra pessoa.

É natural e compreensivo, mas prejudica tanto a nós quanto ao outro.

Escutar

Exige atenção plena, memória e a percepção do sentido das palavras.

Em uma conversa onde você escuta com atenção e sem interrupções, você permite que a outra pessoa conclua a sua linha de raciocínio e isso é muito importante.

Assim como outras práticas para um comportamento mais empático, escutar é um exercício e gostaria de compartilhar um desses aqui.

Em uma oportunidade que tiver numa conversa num café, com um amigo ou familiar, em bate papo rápido sem muitos critérios sobre o tema. Tente estabelecer uma comunicação nessa conversa em que você escuta a pessoa e simplesmente escuta sem nenhuma interrupção. Principalmente, sem tentar pressupor ou prejulgar qualquer coisa que ali esta sendo falada.

Não importa o que você acha sobre aquilo. O que importa nesse momento é sua atenção para escutar e escutar verdadeiramente.

Você ira perceber que quando escutamos com atenção plena é muito mais proveitoso para ambas as partes tudo que esta sendo falado. É tranquilo e muito mais produtivo.

Esse tipo de exercício nas relações interpessoais é fundamental para uma comunicação saudável e a real compreensão do sentido dos desejos e frustrações das pessoas. Uma semente para que valores como altruísmo e a humildade floresçam.
Com certeza um ótimo início para quem quer se habituar a ter um olhar e comportamento mais empático.
E é claro, quanto mais pessoas praticando… melhor!

CTA-ebook-transformação-digital

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>